Câmara Municipal de Ponta Porã


Câmara de Ponta Porã aprova repasse financeiro à APAE e marca audiência para prestar contas


Publicado em: 11-05-2021


A Câmara Municipal de Ponta Porã promoveu, na manhã de terça-feira, 11 de maio, duas sessões ordinárias, nas dependências do Centro Internacional de Convenções. Os parlamentares se reuniram para deliberar sobre matérias referentes à aplicação de recursos públicos no município.

            Na primeira sessão, o parlamentares apresetaram dezenas de indicações, em que solicitam e apontam prioridades na realização de obras e serviços, por parte do poder público no município. Esta sessão tinha sido suspensa na semana anterior porque a Câmara Municipal passa por reformas e, como o Centro de Convenções estava sendo usado para vacinação da população, foi remarcada para esta terça-feira.

            Na segunda sessão os vereadores e vereadoras votaram um projeto de lei em que autoriza o repasse financeiro para a APAE, Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Ponta Porã. O projeto foi votado em regime de urgência e aprovado por unanimidade. Com isso, aquela instituição poderá receber da Prefeitura até a quantia de R$ 210.284,00.

            Também foi aprovado por unanimidade o requerimento 343/2021 para marcar a Audiência Pública de Prestação de Contas dos Poderes Executivo, Legislativo e Previporã, referente ao primeiro quadrimestre do ano de 2021. A audiência foi solicitada pela Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara para atender determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal.

            A audiência será realizada no dia 27 de maio, as oito horas da manhã, no Centro Internacional de Convenções.

HOMENAGEM

            Os parlamentares promoveram uma emocionante homenagem ao ex-vereador e ex-presidente da Casa, Rony Lino Miranda, falecido recentemente, vítima de complicações da Covid-19.

            O Vereador Marquinhos falou em nome dos colegas. "O Rony foi  uma pessoa especial. Um ser humano fantástico. Preocupado com as pessoas humildes, especialmente dos assentados rurais de Ponta Porã. Homem do campo e da cidade, trabalhou muito, serviu de exemplo de conduta humana. Nosso inesquecível colega. Guardaremos sempre lembranças excelentes deste grande amigo. Grande lider dos assentamentos e do meu partido, o PSDB. Foi três vezes o vereador mais votado. Sempre escolhido como o melhor vereador, o mais atuante. Nossa homenagem à sua família, a Arlete, Paulinha, Fabiana, ao Leandro, ao Marcelo. Também à sua equipe de assessores, à Tati, ao Jorge, Nanda. Grandes companheiros deste homem que virou uma estrela que brilha eternamente no Céu".

            O presidente da Casa de Leis, Rafael Modesto leu o teor da Moção de Pesar, aprovada por todos os vereadores, entregue aos familiares do saudoso Rony Lino: "homem simples da nossa terra, trabalhava sempre com alegria como se fosse o ar que respirava, distribuindo mais sorrisos do que palavras.

            A filha Fabiana foi à Tribuna para agradecer pela homenagem. Ela disse que a passagem do grande homem que ele foi não fica em branco. Pois, em vida, Rony Lino sempre atuou para ajudar ao próximo, exercitando diariamente o maior ensinamento de Deus.

            Fabiana agradeceu pela homenagem e lembrou de episódios marcantes da vida do ex-presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã. "O que mais nos emociona e orgulha é receber das pessoas o carinho e o reconhecimento pelas ações do nosso pai.  Recebemos enormes demonstrações de carinho, nestes últimos dias. São de pessoas que foram beneficiadas por ele, recebendo ajuda que nem nós sabíamos que ele tinha feito. Os exemplos deste grandioso homem são de honestidade e humildade. Exemplos que nasceram com ele e que foram transmitidos a nós", declarou.

VACINAS

            No final da segunda sessão ordinária, o secretário municipal de Saúde, Dr. Parick Derzi, foi à Tribuna para expor detalhes das ações desenvolvidas na prevenção da Covid-19. Segundo ele, existe uma dificuldade para aplicar a segunda dose da vacina Coronavac, que está em falta. Mas que tudo está sendo feito para regularizar a situação.

            Ele disse que existe uma quantidade pequena de vacinas sendo repassadas e que muitas pessoas não estão entendendo, inclusive sendo agressivas com os funcionários das unidades de saúde. "A falta de vacinas é um problema mundial, não é culpa dos nossos profissionais. Peço paciência e compreensão a todos", frisou.


Fonte:  Assessoria de Imprensa CMPP


Fotos:  Lécio Aguilera